Wednesday, 06 July, 2022

Golpistas agora ‘usam’ a Prova de Vida

Os golpistas não dão trégua para aposentados e pensionistas do Instituto Nacional do Seguro Social (INSS), que continuam a ser assediados. 

A isca agora é a prova de vida anual, que desde fevereiro não é mais exigida presencialmente, nem por biometria. Desde o dia 2 de fevereiro, a prova de vida passou a utilizar o cruzamento de dados de outras bases de dados do governo e não é mais preciso ir ao banco, somente se for chamado.

Segundo o órgão, os fraudadores ligam para aposentados e pensionistas e informam todos os dados pessoais do segurado. Em outros casos, alerta o INSS, é enviada uma mensagem por WhatsApp pedindo para que o aposentado envie uma foto de um documento para finalizar o processo de recadastramento. E é justamente nesse ponto que consiste a fraude: os golpistas ficam de posse da documentação e dos dados e fazem transações irregulares em nome de aposentados e pensionistas.

O INSS não entra em contato por meio de mensagens de telefone ou aplicativos como WhatsApp, ligação ou e-mails para oferecer serviços de empréstimo consignado, nem envia motoboys para a casa dos beneficiários. Não devem ser passados, em nenhuma hipótese, dados como senhas e dados bancários”, informa a autarquia.


Leia sobre golpe no WhatsApp

O INSS não entra em contato por meio de mensagens de telefone ou aplicativos como WhatsApp, ligação ou e-mails para oferecer serviços de empréstimo consignado, nem envia motoboys para a casa dos beneficiários. Não devem ser passados, em nenhuma hipótese, dados como senhas e dados bancários”

O INSS adverte para que, caso recebam esse tipo de ligação, desliguem o telefone e não forneçam nenhuma informação. E reafirma que não faz contato por telefone para procedimento de prova de vida.


(* Com informações do portal Mix Vale – Leia mais aqui )


Veja também na RIAAM-Minas

One comment on “Golpistas agora ‘usam’ a Prova de Vida

Deixe um comentário

O seu endereço de e-mail não será publicado.