Monday, 06 December, 2021

Riaam-Minas

Como exercitar meu cérebro

Assim como o corpo, sua mente também precisa de exercícios e manter-se saúdavel

Temos orientado aqui da importância dos exercícios físicos em busca de boa saúde e qualidade de vida.

Mas também é importante reforçar que o cérebro também precisa de exercício. Ou seja, seu cérebro também precisa de ‘malhação’.

Assim se evita “as chamadas perdas cognitivas — quando funções como atenção, memória e até criatividade são prejudicadas pelo envelhecimento das células nervosas, os neurônios.”

Leia: Hipertensão e aposentadoria

Atividades que estimulam o cérebro

  • Leitura (livros, revistas, jornais)
  • Aprender um novo idioma
  • Andar de costas pela casa por um dia
  • Montar quebra-cabeças
  • Escrever com a mão não-dominante (a direita, por exemplo, para os canhotos
  • Dançar
  • Fazer uma refeição de olhos fechados
  • Contar de um a 100 de trás pra diante
  • Atividades manuais (tricô, crochê, pintura)
Como exercitar meu cérebro e manter a mente saudável

Na prática, os exercícios chamados de ‘ginástica cerebral’ reduzem o risco de desenvolver doenças neurológicas, como as demências, o que aumenta a qualidade de vida na velhice”, explica Vitor Tumas, professor do Departamento de Neurociências e Ciências do Comportamento da FMRP-USP (Faculdade de Medicina de Ribeirão Preto da Universidade de São Paulo).

É possível aprender coisas novas já idoso? Sim. O aprendizado do cérebro permanece durante toda a vida, respeitando-se, obviamente, a capacidade cognitiva de cada idade. O jovem aprende em uma velocidade mais rápida. Já os idosos têm mais dificuldade, levam mais tempo.


(* Com informações do ‘Viva Bem’ do Portal UOL – Acompanhe a reportagem completa aqui )


Veja também na RIAAM-Minas

0 comments on “Como exercitar meu cérebro

Deixe um comentário

O seu endereço de e-mail não será publicado. Campos obrigatórios são marcados com *