Filas do INSS devem se estender até fim do ano

Filas do INSS devem se estender até fim do ano

filas_em- postos-do-inss-devem_se-estender-ate-fim-do-ano.jpg

Filas em posto de atendimento do INSS: até fim de 2020


É o próprio Governo Federal quem admite: as filas do INSS em buscas de uma perícia médica só vão diminuir no final do ano.

Segundo números oficiais, dos 1.137 peritos que estão aptos a trabalhar presencialmente, 910 estão indo às agências do INSS. Na segunda-feira (5), eles realizaram 8.801 perícias. Número muito baixo, como admite a Secretaria Especial da Previdência.

Ou seja, ainda há mais de três meses de fila já que há pelo menos 750 mil pessoas aguardando para receber algum benefício.


Leia: Perícia médica prejudicada com a pandemia


INSS com problema na telemedicina

Também na última segunda (5) venceu o prazo dado pelo Tribunal de Contas da União (TCU) para que fosse apresentado uma plano para que as perícias fossem feitas à distância – a telemedicina.

No entanto, o INSS já respondeu que terá dificuldades para fazer perícias à distância. Em documento oficial ao TCU, o INSS afirmou que “não existem medidas que se mostrem viáveis, do ponto de vista técnico, para realização de perícia por meio da telemedicina em um curto espaço de tempo, ainda em 2020”.


Leia: Perícia médica terá de ser feita à distância


Mesmo com esta argumentação, o TCU manteve-se firme e cobra rapidez na solução. O governo trabalha para apresentar algum plano para a próxima semana.

As agências do INSS foram autorizadas a reabrir no dia 14 de setembro, porém um impasse com os médicos peritos ainda não fez com que o atendimento seja normalizado. Além das filas, muita gente volta para casa sem ser atendido.


Com informações do Portal G1 – Leia mais e assista à reportagem aqui


Veja mais na RIAAM-Minas

One thought on “Filas do INSS devem se estender até fim do ano

Deixe uma resposta

O seu endereço de e-mail não será publicado. Campos obrigatórios são marcados com *