Como funciona o INSS para microempreendedores (MEI)

Como funciona o INSS para microempreendedores (MEI)

Você é Microempreendedor Individual, mas ainda tem dúvidas sobre como funciona o INSS para MEI?

Mei_beneficíos_direitos_do_INSS
Os microempreendedores individuais têm acesso a benefícios da Previdência (Imagem: Pixabay

O que é preciso para ser um MEI?
Antes de qualquer coisa, se você pretende tornar-se MEI é preciso saber quais são os requisitos.

Para que um microempresário seja classificado como MEI, o faturamento anual não pode superar 60 mil reais por ano. Além disso, não é permitido ter participação em outra empresa como sócio ou titular, tampouco atuar como servidor público. O microempreendedor ainda pode ter um funcionário contratado, que receberá um salário mínimo ou o piso da categoria.

Como funciona o recolhimento de INSS para MEI?

O recolhimento de INSS para MEI é feito por meio da guia DAS, que deve ser gerada no Portal do Empreendedor. A alíquota está fixada em 5% do salário-mínimo, percentual bastante reduzido se comparado às demais categorias de segurados do INSS.

O vencimento da guia DAS é sempre no dia 20 do mês posterior à emissão da nota fiscal. Se a data cair em um fim de semana ou feriado, o pagamento pode ser realizado no primeiro dia útil depois do vencimento.

Quais são os benefícios para o MEI?

Aposentadoria por Idade
A aposentadoria por idade para o MEI funciona como para outras categorias. De acordo com a legislação vigente, é necessário atingir a idade mínima (60 anos para as mulheres e 65 para homens) e cumprir a carência de 15 anos (180 contribuições).

Aposentadoria por Invalidez
Podem ocorrer duas situações distintas nos casos de aposentadoria por invalidez. Se a invalidez for decorrente de acidente de trabalho, não existe carência. Caso contrário, deve ser cumprido o prazo de 12 meses de contribuição para ter direito ao benefício.


Demais benefícios do INSS para microempreendedores

  • Auxílio-doença: para o trabalhador que se afasta do trabalho por motivos de doença.
  • Salário maternidade: para ter direito ao benefício, com duração média de 120 dias, é preciso cumprir 10 meses de carência.
  • Auxílio-reclusão: É preciso estar com as contribuições em dia.
  • Pensão por morte: outro benefício destinado à família do segurado, mas em caso de morte.

(* Com informações do Jornal Contábil – link abaixo


One thought on “Como funciona o INSS para microempreendedores (MEI)

Deixe uma resposta

O seu endereço de e-mail não será publicado. Campos obrigatórios são marcados com *