Escola técnica pode ajudar na aposentadoria

Escola técnica pode ajudar na aposentadoria

Período estudado em escola Técnica pode ser incluído na contagem da aposentadoria

escola_tecnica_aposentadoria_beneficio
Quem cursou escola técnica como aluno aprendiz tem direito a benefício (Imagem: Pixabay)

Caso você tenha cursado o ensino fundamental ou médio em escola técnica como aluno aprendiz, pode ter incluído esse período no cálculo do seu tempo de contribuição.

Para que isso possa ocorrer, basta que tenha havido algum tipo de remuneração, mesmo que indireta, à conta do orçamento público e o vínculo empregatício, ou seja, se você recebia pelo menos uma ajuda de alimentação ou uniforme já é suficiente para demonstrar que havia contraprestação aos serviços prestados.

O que devo fazer para incluir?

Mas o que afinal deve ser feito para incluir esse período na contagem?
Primeiro deverá constar no seu CNIS o período em que esteve na escola técnica, e então, o período ser aceito e validado pelo INSS.

Existem diversas maneiras de conseguir provar ao INSS esse período, a principal delas é solicitando uma declaração junto a instituição em que você estudou, devendo ali constar o período e eventuais ajudas de custos e remunerações.

Dúvida sobre a escola técnica na aposentadoria

Se você ainda ficou com alguma dúvida, não deixe de procurar um advogado especializado em direito previdenciário, pois as vezes um mês pode fazer diferença para alcançar a sua tão sonhada aposentadoria.


(* Com informações de ‘Jornal Contábil’ com advogado Marins Lourenço – link aqui
https://www.jornalcontabil.com.br/periodo-estudado-em-escola-tecnica-pode-ser-incluido-na-contagem-da-aposentadoria/

Deixe uma resposta

O seu endereço de e-mail não será publicado. Campos obrigatórios são marcados com *